3 dicas de como ser produtivo e ter bem-estar no home office

Depois de mais de um ano do início da pandemia no Brasil, muitas pessoas ainda não sabem como se organizar no home office e evitar que o período de trabalho interfira na vida pessoal ou vice-versa. 

Uma pesquisa realizada em 2020 pela Pulses, uma startup de clima organizacional, revelou que 78% dos brasileiros se sentem mais produtivos trabalhando remotamente. Por outro lado, há dados coletados pela empresa Robert Half que confirmam que 1 a cada 5 colaboradores aponta as distrações causadas pela presença da família como um dos maiores desafios do home office. 

Essa, no entanto, é apenas uma das dificuldades encontradas por quem passou o último ano longe do escritório. Há ainda outros fatores que merecem destaque, como a sensação de solidão, a procrastinação e a dificuldade de estipular os limites da jornada de trabalho. 

Quando esses problemas não são bem administrados e resolvidos, eles podem impactar muito mais do que o rendimento do colaborador, mas também a qualidade de vida. Por isso, listamos abaixo algumas dicas de como ser produtivo sem descuidar do bem-estar no home office. 


1- Adotar a Técnica Pomodoro
Essa técnica é recomendada para pessoas que têm dificuldade em manter o foco ou que costumam adiar suas atividades. Para colocá-la em prática é muito fácil. Tudo que é preciso fazer é realizar uma tarefa por 25 minutos e descansar por cinco minutos até completar duas horas, quando o intervalo de descanso será de 30 minutos. 

O método se torna mais efetivo quando todos os períodos de trabalho e de descanso são criteriosamente respeitados, por isso, é indicado ativar o timer do celular para que você não se perca no tempo.

Outro ponto importante é tentar evitar ao máximo as interrupções durante os 25 minutos de trabalho. No entanto, quando isso for inevitável, o indicado é anotar em um papel quais foram os motivos que te levaram a pausar as suas atividades – seja uma ligação, uma nova mensagem recebida, uma conversa com o filho ou até mesmo um pensamento que não está relacionado à realização da tarefa. 

Todas as anotações ajudam a descobrir quais são as principais causas das interrupções e o que é possível fazer para evitá-las. 

2- Jogar conversa fora
Ser focado e produtivo é muito importante, porém, é necessário lembrar que no trabalho presencial algumas situações proporcionam momentos de descontração, seja uma parada rápida para pegar um café ou o encontro com um colega no caminho até o banheiro.  

Tudo isso pode parecer pura procrastinação, mas a verdade é que situações como essas são muito relevantes para o dia a dia. Isso porque, as pausas para jogar conversa fora ajudam a descansar a mente, encontrar novas soluções para um problema e diminuir o estresse. 

Porém, no caso do home office, sem a possibilidade de bater um papo com o colega de trabalho, além de todos esses problemas citados acima, ainda é possível desenvolver uma falsa sensação de solidão. 

Para não ser vítima desse sentimento, o recomendado é reservar alguns minutos da semana para conversar com os seus colegas sobre assuntos que não estejam relacionados ao trabalho. Mesmo sendo voltado para descontração, esse hábito pode contribuir (e muito) com a produtividade e com o bem-estar mental no dia a dia. 

3 – Organizar a rotina

Com o home office, respeitar os horários do expediente se torna muito mais difícil. Não é raro que os períodos que deveriam ser voltados para o lazer sejam utilizados para resolver questões do trabalho. O problema é que, com o tempo, isso pode causar a síndrome de burnout, também conhecida como a síndrome da exaustão profissional. 

De acordo com a International Stress Management Association, em 2019, 33% dos brasileiros já sofriam com essa doença. Com a pandemia, o esperado é que esse número se torne ainda mais expressivo. Por isso, criar métodos para organizar a rotina deve ser a prioridade máxima de quem está em home office. 

Além de definir e respeitar criteriosamente as horas de trabalho, é primordial ter alguns momentos de lazer, como realizar uma atividade física, assistir um filme, ler um bom livro, preparar um jantar ou fazer qualquer outra coisa que seja prazerosa e que irá proporcionar mais qualidade de vida. 

Seguir as dicas anteriores também é muito importante para evitar a síndrome de burnout, afinal, a Técnica Pomodoro irá ajudar a aproveitar melhor o horário do trabalho, enquanto a interação com os colegas criará momentos de descanso e oportunidades para compartilhar as aflições vividas no dia a dia. 

Durante o trabalho remoto, não se esqueça que suas atividades profissionais são importantes, mas que a sua saúde mental é ainda mais. Priorize-a em sua rotina, siga essas dicas de como ser produtivo no home office e não se esqueça que descansar também é uma forma de contribuir com os seus resultados. 

Compartilhe:

Twitter
Telegram
WhatsApp

Assine nossa newsletter

Para receber conteúdos exclusivos